Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Fusível fotovoltaico ou fusível gPV para que serve e como dimensionar?

Fusível Fotovoltaico O que é, para que serve e quando utilizar no painel solar

A energia solar tem se destacado como uma fonte de energia limpa e sustentável, com um crescimento significativo na sua adoção em todo o mundo. No entanto, assim como qualquer sistema elétrico, os sistemas fotovoltaicos precisam de proteção adequada para garantir sua operação segura e eficiente. Nesse contexto, os fusíveis fotovoltaicos desempenham um papel crucial na proteção contra sobrecorrentes e curtos-circuitos, ajudando a prevenir danos aos painéis solares, controladores de carga e inversores fotovoltaicos.

O que é corrente reversa e quais os seus riscos?

Um dos desafios enfrentados pelos sistemas fotovoltaicos é a ocorrência de corrente reversa. A corrente reversa ocorre quando a corrente flui no sentido contrário ao normal, indo dos painéis solares de volta para o sistema. Isso pode acontecer em situações como quando há duas ou mais strings de painéis associadas em paralelo ou quando há diferenças na tensão de circuito aberto entre as strings associadas. Essa corrente reversa pode resultar em danos aos painéis solares, diminuindo sua eficiência e até mesmo causando incêndios.

Como funciona um fusível fotovoltaico?

Tanto os fusíveis quanto os disjuntores fotovoltaicos são utilizados para proteger os sistemas fotovoltaicos contra sobrecorrentes e curtos-circuitos. No entanto, os fusíveis fotovoltaicos são especialmente projetados para atender às necessidades específicas desses sistemas. Eles contêm um elo metálico que se rompe quando uma corrente elevada passa por ele, interrompendo o circuito e protegendo os componentes do sistema.

Como escolher o fusível fotovoltaico?

Para garantir a proteção eficaz do sistema fotovoltaico, é essencial escolher o fusível correto. Os fusíveis ideais para essa aplicação são os conhecidos como gPV, que são projetados especificamente para sistemas fotovoltaicos. Esses fusíveis são capazes de lidar com correntes de curto-circuito e correntes de sobre carga típicas desses sistemas.

Como dimensionar o fusivel fotovoltaico?

O dimensionamento adequado do fusível fotovoltaico é essencial para garantir sua eficácia na proteção do sistema. Segundo a norma NBR 16690, o dimensionamento do fusível pode ser calculado utilizando a fórmula:

(Sa-1) * Iscmod > Máxima corrente reversa.

Onde “Sa – 1” representa o número de strings associadas em paralelo menos um, e Iscmod é a corrente de curto-circuito do módulo. Esse cálculo garante que o fusível seja capaz de interromper a corrente reversa de forma segura.

Conclusão

Os fusíveis fotovoltaicos desempenham um papel fundamental na proteção dos sistemas de energia solar contra sobrecorrentes e curtos-circuitos. Ao escolher e dimensionar adequadamente esses fusíveis, é possível garantir a operação segura e eficiente dos sistemas fotovoltaicos, protegendo não apenas os componentes do sistema, mas também garantindo sua durabilidade e confiabilidade a longo prazo. Investir na proteção adequada dos sistemas fotovoltaicos é essencial para maximizar seu desempenho e contribuir para um futuro mais sustentável e energético.

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *